O Apocalipse dos Trabalhadores
Fale Conosco:
(19) 3562-1312

O Apocalipse dos Trabalhadores

(Cód.15428)
| Deixar comentário
R$ 49,90
em 9x R$ 6,41 no cartão
R$ 47,41 a vista
no depósito com 5% de desconto
Disponibilidade: Imediata
Embalagem para presente: Opções disponíveis no carrinho.

Biblioteca Azul lança nova edição de o apocalipse dos trabalhadores, com ilustrações exclusivas de Eduardo Berliner Com ilustrações exclusivas de Eduardo Berliner e prefácio de Ignácio de Loyola Brandão, a Biblioteca Azul lança nova edição de o apocalipse dos trabalhadores, do aclamado escritor português Valter Hugo Mãe. Maria da Graça e Quitéria são empregadas domésticas que nas horas vagas fazem bico de carpideiras e, vivendo entre as agruras da profissão e as desilusões amorosas, ainda conseguem ter esperança. Todo escrito com letras minúsculas, este é um livro sobre a força e a crença no amor mesmo em situações adversas como a pobreza e a exploração no trabalho. VALTER HUGO MÃE é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. Sua obra está traduzida em muitas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como Alemanha, Espanha, França e Croácia. Publicou os romances o nosso reino, o remorso de baltazar serapião (Prêmio Literário José Saramago), o apocalipse dos trabalhadores, a máquina de fazer espanhóis (Grande Prêmio Portugal Telecom de Melhor Livro do Ano e Prêmio Portugal Telecom de Melhor Romance do Ano), O filho de mil homens e A desumanização. Escreveu livros para todas as idades, entre os quais: O paraíso são os outros; As mais belas coisas do mundo e O rosto. Sua poesia foi reunida no volume contabilidade.
Editora : Biblioteca Azul; 2ª edição (9 outubro 2017)
Idioma : Português
Capa comum : 208 páginas
ISBN : 9788525063571
Dimensões : 21.8 x 14.6 x 1.2 cm

Comentários sobre o produto